Mural público de Naguib Elias Abdula
30 Julho, 2014      23:12 GMT +2 Maputo 15°C

Governo de Moçambique negocia com a China empréstimo para construção de porto de águas profundas

Enviar por E-mail Versão para impressão
20120621O governo de Moçambique pretende obter financiamento da China para construir o porto de águas profundas em Nacala-a-Velha, na província de Nampula, informou o ministro da Planificação e Desenvolvimento, Aiuba Cuereneia, citado pela Televisão de Moçambique.

O ministro disse ainda que está a ser negociado com o Banco de Desenvolvimento da China um empréstimo de 1 500 milhões de dólares, montante considerado suficiente para construir aquele porto, que disporá de capacidade para processar anualmente 20 milhões de toneladas.

“Uma equipa técnica moçambicana encontra-se na China a negociar este projecto devendo até final do ano dar-se início ao processo de construção”, adiantou o ministro, que acrescentou pretender o governo de que faz parte construir igualmente uma linha de caminho-de-ferro de Moatize, na província de Tete, até Nacala e favorecer a instalação de siderurgias na região.

O ministro garantiu que esta iniciativa governamental com suporte financeiro do Banco de Desenvolvimento da China, uma das maiores instituições bancárias do mundo, não vai colidir com o programa de investimentos da multinacional brasileira Vale.

Os brasileiros da Vale anunciaram que vão investir mais de cinco mil milhões de dólares na construção igualmente de um porto de águas profundas em Nacala-a-Velha, com sistema ferroviário ligando a região de Moatize, em Tete, a fim de escoar o carvão mineral que já começaram a extrair e exportar através do porto da Beira. (macauhub)

 
MM22
Novos Caminhos
macauhub_e.jpg